Uma mulher ficou conhecida na internet após um flagra na praia de Rio da Outras, Rio de Janeiro, ser divulgado. Nas imagens, 'Cicarelli', como ficou conhecida, apareceu com um homem, dentro da água, possivelmente tendo relações sexuais. O que chocou os internautas e trouxe o assunto a tona depois de anos, foi a descoberta de que a mulher dava aulas de catecismo na Igreja São Francisco de Assis, perto de onde mora, no bairro Vale do Ipê, em Belford Roxo.

Wanderlea, nome verdadeira da mulher, conta que a igreja foi fundada no ano em que ela nasceu. "Meu pai, minha mãe e meus tios ajudaram a construí-la. Por volta de 1988, dei aulas de catecismo para crianças de 8 a 10 anos. Falava com eles sobre Deus, lia a Bíblia e ensinava a rezar, conta. Durante alguns anos ela frequentou uma igreja evangélica mas, logo depois, voltou às origens católicas para felicidade da família. Além disso, a mulher, que é mãe de três filhos, dava aulas de religião. Durante alguns anos, a dona de casa também participou de grupos de família e encontro de casais na paróquia.

Reprodução

Na época que o vídeo foi divulgado, Wanderlea negou as acusões e disse que era coisa de homem "recalcado". "Esse cara é o tal Rafael que testemunhou contra mim. Ele me chamou para tomar cerveja, mas eu não dei ideia. Homem quando leva um fora... Essa armação é coisa de homem recalcado, ele quis se vingar de mim. Acho que tudo foi uma armação dele com o Léo, acusa a mulher, referindo-se ao homem com que teria dado uns amassos na água.

Relembre:

Conteúdo Patrocinado

MAIS ACESSADAS