Na tarde da última quinta-feira (17), a Polícia Rodoviária Federal (PRF) prendeu o prefeito do município de Santarém Novo, localizado na região do nordeste paraense. Uma arma de fogo foi apreendida dentro do carro dele. A prisão com apreensão ocorreu na cidade de Castanhal, na mesma região.

Durante ronda extensiva no km 53 da rodovia BR-316, altura do Apeú, distrito de Castanhal, agentes da Polícia Rodoviária Federal abordaram uma picape. Durante a abordagem, a equipe policial solicitou que todos os cinco ocupantes desembarcassem. Questionado aos ocupantes se havia algum tipo de arma de fogo no interior do veículo, o condutor respondeu que na parte traseira do banco dianteiro do passageiro havia uma arma de fogo.Pastora e filha são atropeladas em Belém por prefeito de Santarém NovoA equipe apreendeu o armamento, uma pistola calibre Ponto 40, e solicitou o registro e o porte da arma de fogo. O condutor, que se apresentou como prefeito do município de Santarém Novo, identificado como Laércio Costa de Melo, informou que tinha o registro, mas não possuía o porte de arma de fogo.

Dessa forma, Laércio foi encaminhado para a Delegacia de Polícia Civil de Castanhal por ter, em tese, cometido o crime de porte ilegal de arma de fogo de uso restrito.Justiça afasta prefeito de Santarém Novo

OUTRO CASO

O prefeito de Santarém Novo pagou fiança de dois salários mínimos e foi liberado. Laércio Costa também é acusado de, em agosto deste ano, ter atropelado mãe e filha, em Belém. A mãe da jovem acabou morrendo vítima do atropelamento e a filha ficou hospitalizada.

O gestor público desembolsou dois salários mínimos para não ficar na cadeia. Ele também é acusado de atropelar mãe e filha, em Belém, no mês passado. Foto: Divulgação

Conteúdo Patrocinado

MAIS ACESSADAS