Com o objetivo de reforçar a vigilância nos recintos alfandegados da 2ª Região Fiscal, complementando a análise de risco aduaneiro e atuando no pós despacho, no dia 6 de agosto a Divisão de Vigilância e Repressão ao Contrabando e Descaminho da 2ª Região Fiscal realizou a apreensão de 670.800 pacotes (com 30 unidades cada) de incenso/repelente chinês, resultando num valor de R$ 7.334.800,00 (sete milhões, trezentos e trinta e quatro mil e oitocentos reais) no Porto de Vila do Conde, em Barcarena/PA.

Na Declaração de Importação constava material diverso do apreendido na tentativa de ludibriar a fiscalização. Além da apreensão, foi realizada a retenção de 2.000 transceptores (TV BOX) para análise fiscal, somando R$ 218.000,00 (duzentos e dezoito mil reais).

A operação contou com o apoio da Alfândega de Belém, através da Inspetoria de Barcarena, e faz parte de um conjunto de ações integradas para fortalecimento da vigilância na 2ª Região Fiscal.

Foto: Divulgação/Receita Federal

Conteúdo Patrocinado

MAIS ACESSADAS