Depois de separar seus arcos dourados como parte da campanha de encerramento do atendimento de todas as unidades no Brasil para dar espaço exclusivo ao delivery e drive-thrus, a McDonald’s suspendeu a campanha “Separados por um momento para estarmos sempre juntos” depois de ser duramente criticada e acusada de maltratar seus funcionários nos Estados Unidos.

Quando a campanha chegou ao conhecimento dos norte-americanos, a empresa começou a ser criticada por não oferecer aos colaboradores licença médica paga durante a pandemia do novo Coronavírus (Covid-19). .@McDonalds give your workers paid sick leave. https://t.co/2YmWpvCLY4— Bernie Sanders (@BernieSanders) March 25, 2020 O senador e atual pré-candidato democrata à presidência do país, Bernie Sanders, foi um dos vários que criticaram a companhia.

A McDonald’s ainda não emitiu nenhum comunicado oficial, mas todos os conteúdos de sua campanha com os arcos separados foram removidos dos canais digitais.

A campanha foi iniciada na semana em todo o Brasil, mas foi suspensa após a repercussão negativa nos Estados Unidos. Foto: Divulgação

Conteúdo Patrocinado

MAIS ACESSADAS