O Butantan anunciou nesta quarta-feira (7) que precisou suspender a produção da vacina contra a Covid-19, a Coronavac, por falta de matéria-prima. A informação é da CNN Brasil.

Apesar da interrupção, o instituto garantiu que seguirá com o cronograma de entrega do imunizante previsto para a próxima semana, pois ainda possui cerca de 2,5 milhões de doses que já estavam prontas e apenas aguardavam o prazo do controle de qualidade.

O insumo farmacêutico ativo (IFA) é fornecido pela chinesa Sinovac como parte de uma parceria com o Butantan. A última entrega feita foi um lote com 1 milhão de doses para dar continuidade ao Programa Nacional de Imunização (PNI) do Ministério da Saúde.

Atrasos - A nova remessa do insumo da Coronavac, que estava prevista para chegar agora, só irá desembarcar no Brasil na próxima semana. O atraso teria sido provocado em virtude da intensificação da campanha de vacinação realizada na China.

Instituto está sem matéria-prima para continuar a produção Foto: GOVESP/Fotos Públicas

Conteúdo Patrocinado

MAIS ACESSADAS