As polêmicas declarações do presidente da república, Jair Bolsonaro chegaram ao âmbito esportivo. Agora, um ex-jogador é acusado de participar no pronunciamento do chefe do poder executivo nacional, em rede nacional, na última terça-feira (24).Tinga confirmou um encontro com Bolsonaro horas antes do pronunciamento, mas nega a sua participação no comunicado do presidente, em consideração aos últimos acontecimentos no país devido aos casos do novo coronavírus.Por meio de um comunicado, o ex-jogador informou sobre o encontro que teve com Bolsonaro.VEJA COMUNICADO

Tinga se destacou em grandes times do país, como Grêmio, Internacional e Cruzeiro.

Foto: Divulgação / Cruzeiro

Conteúdo Patrocinado

MAIS ACESSADAS