Seguindo uma tendência de outras esportistas pelo mundo, como a tenista australiana Angelina Graovac , de 19 anos, e a jogadora de futebol feminino, Madelene Wright , agora foi a vez da brasileira, a ex-jogadora de basquete, Amanda Costa apostar na plataforma OnlyFans, rede social em que o dono do perfil pode cobrar pelo acesso aos posts e que se tornou conhecida como um foco de conteúdo adulto. A informação é do UOL.

Após cinco anos da aposentaria das quadras, a ex-atleta, que passou por equipes como o Microcamp e o Ribeirão Preto, se tornou influenciadora digital e afirma faturar até R$ 40 mil por mês com suas fotos e vídeos para maiores de 18 anos.

As fotos e vídeos na internet foram uma alternativa que Amanda, vice-campeã do Campeonato Paulista com o Ribeirão Preto em 2005, encontrou de se manter trabalhando após casar com um engenheiro americano.

Em seu perfil no Instagram, que tem mais de 529 mil seguidores, a ex-jogadora aguça a curiosidade com fotos bastante sensuais, além de lembrar de momentos da carreira nas quadras.

Vale lembrar que o site se tornou um fenômeno e teve um grande crescimento nas redes. Em dezembro, o OnlyFans tinha mais de 90 milhões de usuários e mais de 1 milhão de criadores de conteúdo.

Conteúdo Patrocinado

MAIS ACESSADAS