Até hoje, 307 participantes já passaram pelo Big Brother Brasil, mas apenas nove tiveram a oportunidade de retornar. Desses, só Marcelo Dourado conseguiu usar sua experiência para conquistar o prêmio na sua segunda chance. No entanto, ele não foi o participante que passou mais dias confinado. As informações são do Metrópoles.

Natália Casassola chegou perto do título de campeã nas duas edições que participou. No BBB8, ela ficou em terceiro lugar, e no BBB13, em quarto. As duas edições somaram 149 dias de confinamento à modelo. Mas essas não foram as únicas passagens dela pela casa mais vigiada do Brasil.

Pouca gente se recorda, mas a primeira vez que vimos Natália no reality show foi no BBB4. Na época, o programa selecionou dez participantes e pediu que o público escolhesse mais um homem e uma mulher por meio de votação. A modelo concorreu à vaga contra a frentista Solange e perdeu.

Antes do retorno de Natália no BBB13, ela teve outra oportunidade de voltar também no BBB10. A dinâmica do primeiro dia de programa dividiu os participantes em quatro equipes comandadas por ex-BBBs. O time que ganhasse dava direito a uma vaga para seu padrinho. A ganhadora foi Joseane, do BBB3, que escolheu Dourado para voltar com ela.

Depois do BBB10, quem voltou apareceu somente no BBB13. Na edição, seis brothers voltaram à casa mais vigiada do Brasil. Além de Natália, Fani, Anamara, Dhomini, Eliéser e Bambam — que pediu para sair ainda na primeira semana e foi substituído por Yuri — estiveram de novo na atração.

Foto:

Conteúdo Patrocinado

MAIS ACESSADAS